quinta-feira, 15 de abril de 2010

Dualidade

Somos dois.
Duas retas.
Dois traços.
Duas questões.
Duas palavras não ditas,
engasgadas no peito arfante.
Somos dois lados opostos.
Mas somos dois, apenas.
Desencontrados e paralelos.
Incompletos, enfim.

5 comentários:

deh ramos disse...

Que lindo, flor *-*'

Amei o paralelismo do teu poema.

Yasmin Lara disse...

Obrigada, moça.

Abraços

Luana Lins disse...

Muito bom! Como sempre.

EKISLIBRIS disse...

"Musica e Poesia, sono sorelle". Paganini escreveu esse pensamento em suas anotações. Vale para você. Abraços do José Maurício

Yasmin Lara disse...

Obrigada, professor.

Música e poesia são, de fato, irmãs. Ainda não pude conceber o mundo sem elas. E espero nunca conceber algo assim, seria catastrófico...