sexta-feira, 12 de março de 2010

Dias

Dias são vinte e quatro horas
que nascem na madrugada
e morrem beijando a lua.
O resto, são as horas soltas,
despregadas do tempo,
incontadas pela vida.
Sagradas.

Nenhum comentário: