sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Soneto para a Ausência

Não estou preparada pra essa tua ausência,amor,
que em meio a esse meu mundo dormente
teima em fazer-se onipresente
roubando de minhas tintas, a cor.

Não estou preparada pra essa tua inexistência,
pra essa tua falta que insiste em fazer-me morrer.
Não quero mais essa alegria de aparência
que não pode, nem me deixa te esquecer.

Quero-te mais é aqui, sempre presente!
Completando meu corpo com o seu ardor.
Que nunca mais pense em fazer-te asusente

Pois essa solidão deixa-me impaciente,
esse vazio de ti torna-me demente,
sem você sou só o que remete a dor.

...apenas uma pequena experiência com sonetos...





Imagem: http://br.olhares.com/ausencia_foto848525.html
Artista: u m b r i a

8 comentários:

Luiza de fato! disse...

e ficou muito bom!

;*

Yasmin Lara disse...

Obrigada, moça!

=)

Raíssa disse...

Nooooooooossa! Yah yah q lindiu!!! Vc tem q dar um jeito de publicá-los viu??? Bjokas! Te dolo moxa!!!

Yasmin Lara disse...

Obrigada, Rá!!

Tbm te adoro
beijocas
=)

Márcio Vandré disse...

Uma pequena experiência arrebatadora!
ô menina de potencial! :)
Um beijo, Yasmin!

Yasmin Lara disse...

Obrigada, Marcinho !!
beijinhos
=)

Varnion, o lobo solitário disse...

Lá e de volta outra vez estou eu aqui vivo e voltando a postar no meu blog e comentar no seu.

Lindo esse poema. Você tem uma forma ímpar de tratar temas freqüentes.

Yasmin Lara disse...

Obrigada pelo comentário, moço!

Que bom que você voltou a postar no blog. Estava com muitas saudades dos seus poemas.

abraços
=)