quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Poeminha Bobo

Lua, Lua, diga-me, Lua:
Não te cansas de brilhar?
Não vês que esse moço danado
não consegue parar de te olhar?

Lua, Lua, ensina-me, Lua
a nobre arte de rimar.
Quem sabe assim, com essas palavras,
o moço eu não possa conquistar?

5 comentários:

Varnion, o lobo solitário disse...

Você já rima como ninguem. Precisa só agora que todos conheçam o seu trabalho.
Está de parabéns pelo blog.

Yasmin Lara disse...

Obrigada, Bruno!!
Quem sabe um dia não é mesmo? rs

abraços
=)

Márcio Vandré disse...

Eu acompanho o comentário do Varnion!
Teus textos são belíssimos, Yasmin!
O que falta é um alguém que se interesse em pegar o projeto e levar para uma realidade de publicação.
Está muito bom o texto de hoje! :)
Um beijo moça!
Saudade!
=*

Yasmin Lara disse...

Nossa...muito obrigada pelos elogios!
Bom...quem sabe um dia tudo isso não é publicado mesmo, rs
Sonhos....

beijinhos, seu moço!
=)

Luiza de fato! disse...

Eu ameeei! Muito, muito bonitinho!