terça-feira, 8 de setembro de 2009

Passos

Passo, não paro.
Trilhando mil passos
nesse solitário e inútil vagar.
Vou e não volto.
Busco o que sonho
em um longe e outro lugar.



Imagem: http://br.olhares.com/pe_ante_pe_sincronizando_os_passos_foto571882.html
Artista: Paulo Cesar

9 comentários:

Márcio Vandré disse...

Passar e parar só quando houver algo realmente interessante.
Afinal, nem é tudo que destoa da cor plúmbea que permeia a modernidade.
Está certa no seu pensar.
Demais!

E que belo texto, Yasmin!
Um beijo em? :)

fElIp£ disse...

Cada um trilha o seu caminho
Com passos que ninguem ao certo pode dizer
Para onde vai para onde guia
Somente sabemos que isso se chama viver!
Parabens por mais esse post Mais que perfeito

Yasmin Lara disse...

Obrigada pelo comentário mais que poético, Lipe!
Concordo com vc...ninguém pode dizer ao certo aonde vai. Apenas ir.
Eis toda a graça da situação!

beijinhos
=)

Macaires disse...

O vagar pode ser inútil, mas a busca, certamente, será recompensada!

Gostei do texto, Yasmin!
Grande beijo!

Yasmin Lara disse...

Marcinho...concordo c vc, parar, só quando for interessante.
O resto é a busca incessante!

beijinhos
=)

Yasmin Lara disse...

Macaires...muito obrigada pelo comentário.
Volte sempre!

beijos

disse...

Lindo.

Varnion, o lobo solitário disse...

Passar é mais que necessário. Aquele que para perde o trem da vida e pode ficar apenas a observar.

Muito bom como sempre.

Yasmin Lara disse...

Obrigada pelo comentário, moço!

abraços
=)