quinta-feira, 30 de abril de 2009

Desencontro

Queria escrever-te em versos
algumas linhas que dissessem o quanto te quero aqui.
Mas nem sei se quero.
Te querer é algo tão profundo, tão vago, tão louco,
que esparramo palavras soltas, tolas e sem significado pelo papel amarelado.
Fico pela metade, entre o meu ser,o teu ser,
entre o te ter e o te querer.
E procuro nas minhas entrelinhas o significado do que sinto.
Não encontro!
Procuro nos dias vazios, embreagados de tua ausência,
um pouquinho que seja eu.
Não encontro!
Não encontro!
Não encontro!
Nem me acho!




Nada para fazer...então, vamos poetizar!!! Hehehe

Imagem: www.olhares.com
Galeria da Artista Joana Vieira
Poesia(?): Yasmin Lara

Um comentário:

Varnion, o lobo solitário disse...

Adorei. Muy bellas palabras.

Bassos