sábado, 25 de abril de 2009

Hiatos Criativos...


Depois de meses sem postar, nem vou tentar justificar minha ausência. Complicado...

Passo por uma fase de completo Hiato Criativo. Para quem não sabe o que é, é aquela fase da vida em que você mergulha dentro de si mesmo e não encontra nada. Nada pra dizer, nada que você ache interessante o suficiente para escrever. E como eu queria escrever!

Quando eu não sinto as palavras surgirem na minha cabeça, é como se faltasse algo importante no momento. Há vezes, em que aparecem histórias mínimas, loucas para serem compartilhadas, mas assim como vem, elas vão embora; fogem como água pelos meus dedos, deixando apenas frases incompletas no silêncio.

Queria entender essa falta de palavras, que insistem em não preencher o meu silêncio, mas como não entendo, colocarei aqui um parágrafo que adoro da Clarice Lispector sobre como não é nada importante o entendimento...


"Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo."

Espero que em breve as frases inexatas façam morada em outra cabecinha e deixem que na minha volte a crescer a árvore das idéias férteis...

Um comentário:

Varnion, o lobo solitário disse...

Você é criativa e escreve bem. Ideias não lhe faltaram por mais tempo.

bjus